sábado, 4 de agosto de 2012

Aprender a Conduzir

Conduzir é coisa que não se esquece. - Mais um lugar comum que não se aplica ao meu caso prático.

Adoro conduzir, e acho que manipular uma caixa de velocidades é um dos maiores prazeres da condução. Claro que quando comprei o meu carro me vi privada desse facto, embraiagem nem vê-la - literalmente - e as mudanças ainda que sequenciais não são a mesma coisa.

Ora... ontem para minha comodidade, emprestaram-me um carro, normalíssimo, para percorrer uma distância pequenina, mas pronto " escusas de ir a pé". E eu... tudo bem! Ia carregada o carro dava jeito.
Mas... como é que se manobram três pedais só com um pé? Pois! Exige prática, e eu tenho dois felizmente, já estou é habituada a ter a perna esquerda no descanso. Claro que o carro nem saiu do estacionamento... e só 5 minutos depois é que o meu cérebro conseguiu voltar a encaixar os princípios básicos da condução e lá fez o tão querido e saudoso : Ponto De Embraiagem!

É quase uma metáfora para a vida, quando nos habituamos a relaxar, a deixar que nos vão dando comodidade. Quando é só acelerar e ir tendo cuidado com um ou outro obstáculo. Custa depois ter de voltar ao principio, a voltar a pegar nas rédeas e levar o carro com meia bagagem pelo caminho. 


8 comentários:

  1. Pois eu posso-te dizer que, em 8 anos a conduzir um smart, sempre que pegava no carro do meu pai, arranjava forma de lhe estragar a embraiagem. Precisamente porque achava que não tinha aquele pedal :p

    ResponderEliminar
  2. Como te entendo , não por ter carro automático , mas porque mal tirei a carta fiquei parada durante 1 ano e pouco , ou sej a, quando tive finalmente um carro , não sabia conduzir! Tive que pedinchar ao meu namorado para me ensinar tudo xD

    ResponderEliminar
  3. eheh revejo-me tanto nessa situação!qual quê, esquece-se sim!não é como andar de bicicleta, para além das técnicas em si, há toda a parte psicologica, como lidar com o transito, os fugareiros, os que apitam porque comprimos os limites de velocidade e ele nao! tirei a carta tinha feito 18 anos ha pouco tempo e tive a sorte de ter um carro à minha espera até que um ano depois, tive que vende-lo. Passaram 6 anos sem conduzir, pelo menos continuamente, quando voltei a pegar num carro foi como reaprender tudo de novo, e o que eu tinha de confiança e destemida antes, tenho de maricas agora porque a comodidade faz isso mesmo e se deixo de conduzir durante umas semanas que seja volta o nervosinho eheh mas acredito que está tudo na cabeça porque o saber conduzir fica sempre mas é tao bom voltar a conduzir :)

    ResponderEliminar
  4. Eheh eu também sofro do mesmo mal!!!!!
    Também tenho um carro de mudanças automáticas e quando tenho que conduzir o carro de alguém é um problema para o cérebro voltar a encaixar tudo!!!

    ResponderEliminar
  5. Felizmente, tirei a carta numa carro com as 5 mudanças(+ marcha-atrás) e conduzo um carro também com mudanças.
    A mim, que nunca conduzi um carro automático, acho que me confundia toda porque tens uns botões estranhos ou "mudanças" diferentes(pelo menos os carros que vi que eram automáticos eram assim).
    É uma questão de se habituar à maneira de conduzir.

    ResponderEliminar
  6. Gosto muito do blog, tenho seguido! ~
    Deixo aqui o link do meu, ainda nos primeiros passos: http://amarelocorderosa.blogspot.pt/.

    ResponderEliminar
  7. Quem me dera a mim ter um carrito como o teu.. detesto conduzir... devido ao ponto de embraiagem :b

    ResponderEliminar