quarta-feira, 20 de junho de 2012

Não bastava



Não me bastava ter o cabelo cheio de caracóis desgrenhados.
Usar óculos de massa.
Ser gordinha.
Não saber andar de bicicleta.
Ter a cara cheia de sardas.
Ficar ridícula com o fato da patinagem, e estar sempre fora dos esquemas dos saraus.
Passar os fins-de-semana em Lisboa.
Andar no Inglês e nas aulas de piano.

Isto não bastava.

Havia sempre o momento do lanche em que todos os meninos tinham Bolicaos e pão com tulicreme na lancheira das visitas de estudo... E eu sacava da minha cenoura crua embrulhada em papel prata.


7 comentários:

  1. Ahahah adorei o post! Mas cenoura crua é sempre bom :)

    ResponderEliminar
  2. Ahah eras diferente ;) Eras especial! Eu comia sandes de pão de forma com ovo mexido acabadinho de fazer ;9

    ResponderEliminar
  3. Eras uma pioneira :) Agora até o macdonald's tem cenoura crua (cheia de açúcar, é verdade, mas quase tão fixe como o bolicao)

    ResponderEliminar
  4. Agora que descreves-te o antes, começa a pensar no depois... cá para mim que tu é que ficas-te bem ;)

    ResponderEliminar
  5. eu como cenoura crua e gosto. Mas nas visitas de estudo nunca levei coisas dessas.

    ResponderEliminar
  6. Looool....
    Agora fizeste-me rir!!! lol

    ResponderEliminar
  7. Mariana Peneque Costa21 de junho de 2012 às 10:32

    Eu fazia o mesmo!!! todas as visitas de estudo lá comia eu a cenourinha crua que levava embrulhada no papel prata! nas primeiras custou, mas depois felizmente não era motivo de gozo. os meus amigos até começaram a pedir-me e a levar também ehehe adorei o post :) *

    ResponderEliminar